Blog do Cobredireto

A importância das vendas parceladas no E-commerce




O Brasil passa por um momento econômico evolutivo e a oferta de crédito cresce em largas escalas. Acompanhando este momento, as compras com cartões de crédito e principalmente as que não são feitas “à vista” têm crescido consideravelmente e hoje já representam quase 80% de todas as vendas feitas com cartões no país – através do PagSeguro UOL.

Atualmente é difícil encontrar uma carteira ou bolsa que não possua uma bandeira de cartão de crédito sequer. Há aqueles que, inclusive, adquiriram o hábito de colecionar diferentes bandeiras e “modelos” de cartões de crédito. O reflexo desta economia de plástico nacional também está presente no e-commerce.

Segundo dados do PagSeguro, o maior intermediador de pagamentos do país e um produto do UOL, de todas as vendas efetuadas no comércio eletrônico brasileiro utilizando-se de seus sistemas, cerca de 68% são feitas com cartões de crédito, 21% com boleto bancário, 7% através de débito automático em conta corrente e 4% com saldo do PagSeguro.

Ao levarmos em consideração o montante movimentado pelo PagSeguro, podemos concluir que, sem dúvida, um grande percentual das vendas efetuadas no e-commerce brasileiro são feitas através do cartão de crédito. Dentre muitos motivos, podemos destacar três que são fundamentais para a escolha deste meio de pagamento:

- Possibilidade de dividir as compras em diversas parcelas, o que garante um maior poder de compra até mesmo para as classes menos favorecidas;

- Agilidade na aprovação do pagamento e, em decorrência, menor tempo de espera para a entrega da mercadoria;

- E não menos importante: A facilidade de não ter de ficar pagando boletos ou, em todas as compras, ficar preenchendo os seus dados bancários.

Uma via democrática

Aceitar diversas bandeiras de cartões de créditos é permitir um maior acesso para os seus clientes. Ao oferecer meios de pagamento distintos, você possibilitará que os seus produtos sejam adquiridos por qualquer tipo de público, independente de sua classe social, afinal o parcelamento é uma realidade econômica nacional.

A recomendação do CobreDireto é que você não aceite apenas os cartões de crédito, mas mescle os meios de pagamento aceitos na sua loja virtual. Aceite também a TEF (transferência eletrônica), faça a emissão de boletos bancários, etc., afinal, segundo os mesmos estudos do PagSeguro mencionados acima, cerca de 78% das pessoas pesquisadas têm medo de fornecer os seus dados em varejistas online de menor porte. Por isso, tenha um certificado digital na sua loja virtual, o que demonstrará o cadeado de segurança para o seu cliente e garantirá a criptografia de todos os dados digitados e tenha também toda a segurança e credibilidade do UOL na sua loja virtual através do CobreDireto, um gateway de pagamentos que interliga tecnicamente a sua loja virtual aos principais meios de pagamento disponíveis!

Tags:, , , , , ,