Blog do Cobredireto

Chat Online: Realmente funciona?




Uma dúvida recorrente de vários varejistas online é sobre a utilização ou não de um canal de atendimento ao vivo para os seus clientes. Neste artigo nós traremos um conceito sobre como o atendimento online pode impactar positivamente nas suas vendas.

O consumidor é o mesmo, o que muda é a forma de contato

O consumidor virtual é o mesmo que compra produtos em lojas físicas, mas com uma ressalva: o método de aquisição e os requisitos são um pouco diferentes, principalmente pela facilidade encontrada na comparação de preços pela internet. A rigorosidade do consumidor cibernético tende a ser maior, principalmente em lojas virtuais que ainda não está familiarizado.

O fato de o cliente ter dúvidas é comum em qualquer tipo de mercado e em qualquer ramo de atividade, mas pode ser ainda maior no e-commerce ao se fazer a primeira compra em uma loja virtual até então desconhecida por ele. Em uma loja física é possível tatear o produto e dimensionar se ele servirá ou não para a finalidade a que se destina, já no e-commerce não é possível – pelo menos por enquanto.

A venda informativa do produto fica por conta da descrição contida na página da sua loja virtual, que muitas vezes é enviada pelo próprio fornecedor e não recebe edição antes de ser inserida oficialmente na loja.

Uma venda online não passa de uma venda física adaptada. Quando se tem uma dúvida sobre um produto que a sua embalagem não a esclarece, procuramos um vendedor. No e-commerce a tendência é recorrer a um chat online pela sua facilidade e agilidade.

Ter um canal de atendimento instantâneo para o seu cliente é respeitar o direito de questionar informações a qualquer momento e obter as respostas em tempo real e, para os micro e pequenos lojistas online, um diferencial que pode decidir pela venda ou não de um produto. No varejo tradicional, na dúvida, você leva a mercadoria para casa, pois pode facilmente trocá-la posteriormente caso não seja o que você espera, afinal não há pagamento de frete. No e-commerce, na dúvida, o consumidor não compra o produto na sua loja e procura um concorrente que possa ajudá-lo.

Se possível, invista em um atendimento online para os seus clientes e os deixe sempre bem informados sobre os seus produtos.

Tags:, , , , , , , , , , , , , ,