Blog do Cobredireto

Mobile Commerce e sua tendência de crescimento no Brasil




O celular está para o brasileiro como o arroz está para o feijão. Hoje, milhões de novas linhas de telefonia móvel são ativas mensalmente e o número de usuários bate recorde atrás de recorde.

Hoje, no Brasil, segundo dados da Anatel, são mais de 197 milhões de aparelhos com linhas ativas, um pouco mais do que uma unidade por habitante. Principalmente as famílias das classes A e B, por curiosidade, possuem mais celulares do que filhos!

Certo, mas o que o celular tem a ver com o E-commerce?

É simples: Acompanhando o crescimento do número de linhas ativas, está também crescendo a quantidade de pessoas com smartphones. Hoje é possível adquirir um smartphone original, com conexão wi-fi e 3G, por apenas R$ 299,00 ou R$ 399,00. Com a facilidade do crédito e a possibilidade de parcelar as compras em até 18x, brasileiros das classes C e D passaram também a ter acesso a este tipo de facilidade.

Não bastasse o crescimento do número de smartphones, há também a diminuição do valor das operadoras de telefonia celular para acessos móveis à conexão 3G, hoje é possível achar operadoras que vendem 24 horas de acesso por menos de R$ 1,00 e, com isso, promovem uma maior interação de seus usuários com o mundo web.

No Twitter, por exemplo, segundo estatísticas apuradas por sites norte-americanos, são mais de 30% de seus usuários que se conectam com dispositivos móveis.

A ascensão do Mobile Commerce

Hoje, com todo o avanço móvel no país, está crescendo também a navegação por lojas virtuais através do celular, mais especificamente o acesso é feito por versões mais leves para dispositivos móveis, sejam celulares ou tablets.

É possível que o seu consumidor veja os seus produtos de uma forma muito mais organizada e específica para a pequena tela do aparelho móvel, disponibilizando um fechamento de venda rápido e seguro, afinal as páginas poderão estar protegidas com criptografia de dados, o que garante o sigilo na transação das informações.

Geralmente as lojas virtuais que possuem uma versão para celular criar um subdomínio denominado “m.”, ficando: “m.minhaloja.com.br” ou qualquer outro nome que possa ser acessado de forma imediata por seus clientes e tenha fácil lembrança.

Existem também, principalmente no exterior, lojas virtuais mais avançadas que detectam se uma visita está sendo feita através de um dispositivo móvel e direciona automaticamente o cliente para a versão da loja mais adequada à resolução de seu aparelho.

A tendência cresce no Brasil

No Brasil ainda há um número limitado de empresas que se preocuparam em disponibilizar o Mobile Commerce para os seus clientes e, muitas das que disponibilizam, acabam não fazendo campanhas específicas para adquirir novos visitantes, como por exemplo, o pagamento de anúncios específicos para dispositivos móveis, como pode ser observado no Google Ads.

Acompanhando o crescimento, o CobreDireto informa que toda a sua plataforma de transações está preparada para atender a demanda de dispositivos móveis, uma vez que todo o processamento financeiro é feito de forma transparente ao seu cliente, sem haver qualquer tipo de interação manual entre o nosso sistema e o seu consumidor.

Veja a viabilidade de habilitar o Mobile Commerce na sua loja virtual e bons negócios!

Tags:, , , , , ,