Blog do Cobredireto

Tome muito cuidado com os dados de seus clientes




As informações são valiosas, ainda mais quando falamos de dados pessoais que podem ser fundamentais para a segurança das pessoas. A negligência no manuseio destes dados sigilosos pode ocasionar em sérios problemas jurídicos que certamente serão ainda mais sérios para os micro e pequenos lojistas virtuais.

Confira rápidas dicas do CobreDireto para que você tenha um sistema ainda mais confiável e para que os dados de seus clientes não fiquem expostos.

1- Coloque-se no lugar de seus clientes

O ponto de partida na defesa e segurança dos dados é pensar que as informações que podem estar em risco são as suas, afinal crê-se que, por você lidar diariamente com internet e possuir um e-commerce, alguma compra virtual você já tenha feito anteriormente. Diariamente são criadas novas técnicas de invasão e cópia de documentos digitais. Antever qualquer tipo de falha ou insegurança é o primeiro passo para um manuseio mais responsável de dados sigilosos.

2- Deixe sempre os seus sistemas atualizados

Se você utiliza algum CMS para o gerenciamento do seu site ou e-commerce, preocupe-se sempre em mantê-lo na versão estável mais recente disponibilizado pela produtora. Nem sempre as novas atualizações dos sistemas são para efeitos visuais ou adição de funcionalidades, muitos upgrades menores são requeridos para evitar falhas de segurança.

Infelizmente é normal nos depararmos com situações na web em que empresas são invadidas por usarem versões de softwares desatualizadas em relação às mais recentes disponibilizadas pela empresa produtora.

3- A importância do SSL

O SSL ou Certificado Digital é de extrema importância para um e-commerce que tem pretensões de crescimento e deseja se prevenir contra problemas futuros. Em poucas palavras, além do efeito estético e da credibilidade gerada pela existência de um certificado digital na loja virtual, o SSL também é importante para a segurança dos dados digitados e trafegados pelos seus clientes no momento de uma compra ou na navegação pela sua loja virtual.

Todos os dados são transformados rapidamente em códigos alfanuméricos que são interpretados apenas pelo servidor que os lê, ou seja, a sua loja virtual. Todos os novos e-commerces devem se atentar a utilização do Certificado Digital em suas operações web.

4- Evite usar planilhas ou arquivos .txt online

Existem alguns sistemas próprios que podem trazer insegurança à loja virtual e fazer com que ela fique vulnerável, deixando todos os dados de seus clientes à mostra. Com técnicas simples de pesquisas no Google é possível achar listas de lojas virtuais com dados pessoais de clientes à mostra – inclusive números de cartões de créditos.

Para evitar este tipo de problema – nas ocasiões em que a sua loja virtual utiliza-se de arquivos .txt ou .csv para armazenamento de dados pessoais – é imprescindível que a equipe técnica responsável pelo seu e-commerce não permita que os sistemas de buscas tenham acesso a essas informações e, dentre outras medidas, restrinjam o acesso a estes arquivos de forma local, ou seja, apenas o próprio servidor da loja virtual, através de uma pesquisa interna consiga localizá-los.

5- O problema pode estar aí, no seu computador

Mesmo os sistemas mais sofisticados e seguros podem ser colocados abaixo por conta de computadores desatualizados, sem proteções antivírus e/ou com senhas fracas. Atente-se às atualizações do seu sistema operacional, jamais utilize softwares piratas (muitos deles vêm por padrão com programas que poderão roubar as suas senhas e dados pessoais), tenha o seu software antivírus instalado e atualizado e presta muita atenção nas suas senhas. Evite criar passwords com datas de aniversários, combinação de palavras lógicas, como “sobrenome-e-nome” e sempre utilize letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais, quando possível.

Lembre-se que a responsabilidade jurídica pelos dados digitados por seus clientes em seu e-commerce é sua! Por isso, lide de forma segura e evite problemas posteriores!

Tags:, , , , , ,