Blog do Cobredireto

Vai uma compra coletiva aí?




“Quem quer dinheiro?”… É o jargão utilizado por muitas décadas pelo imortal Silvio Santos e parece que está funcionando também no mundo digital e os responsáveis têm nome: São os portais de compras coletivas.  

O mundo ficou abismado pela notícia recentemente publicada sobre o valor de mercado do GroupOn: US$ 3 bilhões; A fusão milionária do BuscaPé com o SaveMe (antigo ZipMe), indexador de promoções em sites de compras coletivas.

São diversos casos que demonstram o crescimento deste mercado: Muito dinheiro, um maior número de empresas querendo ofertar os seus produtos e serviços, a presença constante em mídias sociais e a necessidade de se comprar o que de fato não se precisa, ou seja, as compras compulsivas.

Os Pontos Positivos

São tantos, que não teríamos como listá-los aqui, mas vamos focar nos mais importantes, afinal “time is money!”:

- A união faz a força: Os sites de compras coletivas unificam, em um só lugar, milhares de pessoas interessadas em adquirir produtos ou serviços e, com isso, têm capacidade de barganhar valores com os fornecedores. Basicamente, neste mercado, os clientes ofertam serviços com descontos astronômicos e só pagam a comissão do portal de compras coletivas se uma meta de vendas pré-estabelecidas for alcançada;

- Anuncie sem ter verba de marketing: Os empreendedores que procuram sites de compras coletivas para anunciar os seus produtos e serviços não precisam ter uma verba destinada à publicidade, afinal – na maioria dos portais de compras coletivas – paga-se apenas uma comissão pelas metas atingidas – normalmente entre 30 e 50% do valor comercializado. Resumindo: É possível divulgar sem que seja necessário pagar antecipadamente e aguardar o resultado;

- A rede de contatos já existe: O anunciante não precisa ter um mailing ou uma enorme rede de contatos no Facebook ou Twitter, o portal de compras coletivas e os próprios consumidores são responsáveis por propagar as suas promoções.

Financeiramente falando, pode não ser tão atrativo oferecer um desconto de 80% para um serviço prestado e, num curto prazo, a empresa prestadora pode ficar sobrecarregada de demandas, porém a compra coletiva é um excelente meio de capitalizar o seu negócio a médio prazo, afinal, a fidelização dos clientes que chegam até a sua empresa é fundamental para garantir que, os pagantes de 20% de um serviço, voltem e o consumam novamente por 100% do seu valor. É aí que mora o segredo do negócio.

São dezenas de portais de compras coletivas

A cada dia, mais e mais empreendedores voltam suas equipes de produção e desenvolvimento web à criação de portais de compras coletivas, por isso o mercado fica cada vez mais concorrido. Se você pensa em montar um negócio assim, pense sempre em se destacar, seja na sua região (os sites de compras coletivas geralmente focam suas ofertas em grandes metrópoles) ou com a oferta de algum serviço diferente.

Confira abaixo uma pequena lista que o CobreDireto preparou para você que tem interesse em conhecer este mercado:

PeixeUrbano – www.peixeurbano.com.br

ClubeUrbano – www.clubeurbano.com.br

ClickOn – www.clickon.com.br

Qpechincha – www.qpechincha.com.br

Imperdível – www.imperdivel.com.br

Oferta X – www.ofertax.com.br

Oferta Única – www.ofertaunica.com.br

CityBest – www.citybest.com.br

WeGO – www.wego.com.br

OfertaDia – www.ofertadia.com.br

(Créditos da Lista: Blog do E-commerce)

Conhece mais algum?

E aí, conhece mais algum portal de compras coletivas que não está na lista acima? Deixe nos comentários, todos nós aqui do CobreDireto – e com certeza os consumidores também – teremos o maior prazer em conhecer!

Tags:, , , , , ,